15 de jun de 2012

Resenha: Jamie Revolução na Cozinha



Pra algumas pessoas que me visitam, não é novidade eu vir a postar  um livro do Jamie Oliver, já que há mais de 2 anos mantenho o blog Dona Amélia, que basicamente fala de receitas, decoração e faça você mesmo.
Depois que me casei, a pouco mais de 2 anos, descobri o grande prazer que é cozinhar e foi assim que meu interesse pela gastronomia surgiu e comecei a me interessar por tudo, amealhei quilos de revistinhas de bancas com receitas caseiras e práticas e partir para os livros, que aos poucos trarei pra cá também.


Jamie Oliver é um dos mais famosos chefs da Grã-Bretanha, não somente por causa dos seus programas de televisão, mas também por iniciativas como o projeto do restaurante Fifteen – quando treinou quinze jovens carentes para se tornarem chefs – ou a campanha contra alimentados processados servidos em escolas. Revolução na cozinha, também é uma série televisiva exibida no canal GNT.

Inspirada pelo Ministério da Comida, criado durante a Segunda Guerra Mundial para “garantir alimento suficiente para todos e educar as pessoas sobre alimentação e nutrição adequada”, a revolução atual proposta por Jamie Oliver é um movimento alimentar de conscientização das “pessoas que pensam que jamais poderiam aprender a cozinhar ou que não seriam capazes de enfrentar um fogão”, baseado em uma idéia batizada de passe adiante, isto é, cada pessoa aprende uma receita e a passa adiante para outras pessoas, divulgando a alimentação saudável em progressão geométrica, bem ao estilo da proposta do filme A Corrente do Bem, lembra?

De forma didática, o livro apresenta receitas conhecidas em versões simplificadas, ilustradas por fotografias que mostram passo a passo a preparação. E para cada uma delas, uma pequena apresentação onde Jamie dá dicas como do tipo “fica ótimo com arroz, batata ou pão” (Salmão assado em cartucho de papel-alumínio com vagens e pesto) ou “é melhor cozinhá-lo para duas pessoas” (Minha carne de porco agridoce), entre outras.

Com relação às receitas, hoje eu posso dizer que dá sim, pra qualquer um que não saiba cozinhar se sair bem com a descrição e apresentação das receitas, sem falar de todas as indicações que o chef nos dá sobre utensílios e o que devemos ter sempre na despensa. E quanto a qualidade das receitas, ao menos as duas que já fiz ficaram realmente uma delícia!

Um adendo que faço é com relação ao tempo de preparo dos pratos indicados. Não vá se estabanar pra  fazer tudo sincronizado, como Jamie indica, faça tudo no seu tempo até adquirir uma boa desenvoltura, assim não corre o risco de estragar a receita, destruir a cozinha e muito menos se machucar! ;o)

Mas o que eu acho ainda melhor nesse livro é que ele tem muitas receitas que são totalmente adaptáveis a qualquer bolso brasileiro. Não são receitas que sejam excepcionalmente caras e o melhor, praticamente todos os ingredientes a gene consegue encontrar por aqui. E falo isso porque sinto dificuldade em achar muita coisa, quando quero, aqui em Uberlândia, que não é uma cidade pequena!
Mas o bom disso também é que com essas  dificuldades a gente vai aprendendo a substituir, a assumir os riscos de combinações inusitadas e de ter experiências gastronômicas incríveis!

Super recomendo!



Título: Revolução na Cozinha
Título Original: Ministry of Food
Subtítulo: Qualquer um Pode Aprender a Cozinhas em 24 Horas
Autor: Jamie Oliver
Tradução:
Editora: Globo
Assunto: Culinária E Gastronomia
ISBN: 9788525046956
Idioma: Português
Tipo de Capa: BROCHURA
Formato: 19,5 x 24,5 cm
Edição: 1
Número de Páginas: 360
Preço: Globo livros, Saraiva, Fnac, Livraria Cultura, Livraria Travessa






2 comentários:

Sandra Peres disse...

Eu tinha esse livro!!! É excelente mesmo e da vontade de fazer e comer tudo

Patrícia Gomes disse...

Eu fico desorientada, nem montar um cardápio direito consigo, pq quero tudo ao mesmo tempo agora!! kkkk