18 de jan de 2011

Só por hoje...

Image by Monwee


Muitas vezes me flagro completamente surpresa por perceber que a vida é mesmo extraordinária! Em todos os sentidos possíveis e ainda mais no que julgo ambíguo.

Num momento vejo-me submergir num mar de situações que só trazem angústia, dor e certo desespero por não saber como fazer pra voltar à tona.
No momento seguinte, quando fecho meus olhos por um momento e sinto a noite me engolfar, percebo mãos fortes e cientes a me resgatarem, trazendo-me á tona novamente.

Meu peito arfa com um fogo que o queima por dentro, uma alegria que só a oração sentida saberia expressar com realeza. Tudo parece ficar mais claro, no entanto são só os meus olhos que vêm assim...
E tudo, à contragosto, volta a turvar-se...
Busco por imagens, sons, palavras que não são meus que possam calar o que grita aqui dentro, mas o silêncio foge de mim, e fico nesse calidoscópio de imagens borradas, sons dissonantes e frases que me chegam certeiras em alvos diversos.

Então procuro abrigo novamente entre as minhas palavras... E qual a surpresa em perceber que elas me conhecem tão bem!
Dão-me o real sentido de tudo o que sinto e ainda me sugerem o antídoto:

É certo que tem havido dias ruins, mas tudo passa...
E prefiro pensar que será só por hoje, pois quando paro e peso tudo, o saldo é sempre o mesmo: EU SOU FELIZ, mesmo que em dias assim esteja triste.








Música do momento: Northern Sky - Nick Drake

Um comentário:

Anônimo disse...

Tudo passa... Tudo passará... Que seja só por hoje, ou que seja só por um instante. Mas que seja, que sinta, que expresse... Em resumo... Que viva.