9 de mar de 2010

Do coração...


Meu coração freme apertado. Cada cavidade está cheia de sensações e emoções diferentes. É bom e ruim também. São equivalentes as vontades de chorar, rir, gritar, me descabelar, xingar e sorrir.
Meu coração dispara parado...

Patrícia Di Carlo

2 comentários:

Elisa Zavam disse...

“… Ouve o teu coração
Batendo travado
Por ninguém e por nada
Na escuridão do quarto
Ouve o teu coração
Ao cair da tarde
Ouve aquela canção
Que não toca no rádio…”

Patrícia Di Carlo disse...

Que lindo, Elisa!!
Obrigada! ;oD