28 de set de 2009

Após as 23:00



As árvores estão maduras
e é na esquina noite
que as melhores pessoas
dão a graça.

O pesado da lua escorre
e a polpa redonda
pulsa no peito,
e todo o léxico
mostra-se insuficiente
pro que se quer [dizer]...

A solidão, embrulhada
em papel de pão,
ecoa em nossos passos dados;
rimos ao passar por ela
deixando um beijo escorrer
pelo meu decote em preto V;

mas hoje, depois das 23:00,
é que as pessoas lindas
dão a graça.
E as setas, cegas,
já nem mais se importam
em acertar, ou não,
o rumo do motel.



Patrícia Gomes
Imagem: I. Anton

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabens pelo seu Blog...
Perdido na net,... procurando coisa alguma,
encontrei este "Rio"... deixei-me "banhar",
em suas palavrea e...
e fiquei mais Feliz.
Obrigado

Eu?... talvez um caminhante qualquer.

Felicidades

Patrícia Gomes disse...

Obrigada, Caminhante... ;oD
Seja sempre bem vindo ás essas minhas margens,. e quando quiseres águas novas, é só chequei.
Sorri com a delicadeza do comentário.
Mais uma vez, obrigada!

Patrícia