16 de ago de 2009

Morte



Fui embora de onde estou;
Num desvio torto sorri, rota,
Ao espanto do abismo.

Desisti, amiúde, da compaixão
E ressentimento;

Em um último gesto
Oscilei-me numa ternura
Desirmanada,
Vasculhei a água
Lavando passado e futuro
Das imundices presentes

E na cadência ardente
De minhas veias
Aliciei meu ego
Gozando em mim
Por meus olhos, lábios
Boca,

Tingindo o segredo do
Meu vasto querer...



Patrícia Gomes
Imagem: Azurylipfe

Nenhum comentário: