5 de jun de 2012

Eu poético: Vazios...

By Lilyana Karadjova

Calados, meus passos
choram enquanto
finda a tarde morna.

Em segredo
grita a saudade
no amanhecer da noite.

Entre soluços
a noite dorme em
meus braços vazios.



Patrícia Di Carlo

Nenhum comentário: