22 de mai de 2012

Resenha: Noites de tormenta - Nicholas Sparks



Há séculos eu assisti ao filme homônimo, mas nem de longe sabia quem era Nicholas Sparks. Hoje não me lembro muito do filme, já o livro foi o segundo que li, seguindo a minha Maratona Sparks! rs
De cara o que me agradou foi o fato de o enredo ser em torno de um casal maduro, ao menos na idade! ;oD
Adrienne Willis, uma mulher vivida, com seus 60 anos, resolve contar pra sua filha que ficou viúva e não consegue se recuperar do trauma da perda, sobre uma parte, a melhor, da sua vida, na esperança de que a ajude a superar toda a sua dor.
E é no assunto dessa conversa que reside o livro em si.





Adrienne está separada do marido. É mãe de duas crianças e está revendo a possibilidade de reatar o casamento. Não consegue perdoar o marido que a traiu. Machucada, incompreendida e sozinha, Adrienne vai cuidar da pousada de uma amiga.
Paul é um experiente cirurgião plástico que não soube dosar o trabalho e a família. Exatamente quando ele estava no topo da vida profissional que tudo desandou. Sua mulher foi embora e seu único filho que ele mal viu crescer, se formou em medicina, o despreza e foi trabalhar em outro país.
Duas pessoas completamente destruídas emocionalmente acabam se encontrando. Acaso ou destino ?
Sozinhos e ilhados por conta de uma tempestade, Paul e Adrienne vivem um intenso final de semana. Mas a vida, mundana como só ela, segue após essa semana.

Uma história sobre amor, família, perdão e recomeço. E como já é característico de Sparks,  nos emociona justamente na hora certinha, quando achamos que o livro vai cair na pieguice sem fim.
Mesmo tendo ainda a sensação da rima desagradável [amor/dor] ser a tônica do autor, consegui deixar  esse volume na prateleira com a possibilidade de um dia voltar a lê-lo.





Formato: Livro
Autor: SPARKS, NICHOLAS
Tradutor: BARATA, SAUL
Editora: NOVO CONCEITO
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - ROMANCES
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Dimensão: 23 x 16 cm
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2008
Número de páginas: 176


Nenhum comentário: