10 de mai de 2009

Esperando o Frio Chegar


Enquanto o inverno
chega de manso
são longas as tardes
que espero passar
sem sentir o frio nas janelas.

São simples tardes
esquálidas e eriçadas
como os santos presos em capelas,
sem largatixas nos muros ao sol.
Até mesmo os cães em muxoxo
deixam-se quietos num qualquer
canto do já ressequido jardim.

Como envelhecem essas tardes e
nem rugas criam enquanto as
flores tremem lá fora com o
fim do sol que há tempos queria posto.

O sépia dando lugar, após a ousadia,
ao preto e branco da lua que baila
em prata pelo negrume véu do céu;

E o tempo flui mais livre
enquanto o vento desgrenha e
amarrota as árvores e folhas lá de fora
que também esperam o inverno, mas
Não com a mesma esperança
Que eu...




Patrícia Gomes
Desconheço a autoria da imagem

Um comentário:

Débora disse...

Manuska!!!

Como sou sua amiga, irmã, parceira, cúmplice e admiradora, Alma do Meu Sonho acaba de ganhar um selo de aprovado dos Textículos, corre lá buscar o seu!!!

Beijão e amo vc!!!

Sis Pucca.