11 de abr de 2009

Abrigo Desejos




Na noite que nasceu há pouco
Vago só, e se contigo estivesse
Ah! Que abrigo luxu[ri]oso teríamos...

Não precisaríamos de ventos,
Bússolas ou qualquer iguaria,
Só o rastro da lua como guia...


Éden em festa seria essa noite,
Que agora chora, se, oxalá, pudesse
Em teus braços ancorar...



Patrícia Gomes
Imagem: Elena Getzieh

Nenhum comentário: