16 de jun de 2013

Aleatoriedade dominical com João Guimarães Rosa




Tivesse medo? O medo da confusão das coisas, no mover desses futuros, que tudo é desordem. E, enquanto houver no mundo um vivente medroso, um menino tremor, todos perigam - o contagioso. Mas ninguém tem a licença de fazer medo nos outros, ninguém tenha. O maior direito que é meu - o que quero e sobrequero - : é que ninguém tem o direito de fazer medo em mim!". (João Guimarães Rosa / Grande Sertão: Veredas, p. 298)


Via: Igreja do Livro Transformador - via Joaquim Livraria & Sebo - via  @leonardo.davino



2 comentários:

Melissa Padilha disse...

Ai Paty, só uma coisa a dizer, Grande Sertão Veredas LIVRO PERFEITO! Amo demais os relatos do Guimarães Rosa sobre o sertão e o povo brasileiro e como ele constrói um mundo fantástico ao redor disso, amor da minha vida!
bjos
Melissa

Victoria disse...

Olá, tem uma indicação pro seu blog la no Ponto das Letras :)

http://pontodasletrasblog.blogspot.com.br/2013/06/tagselinho-2.html

beijo