2 de set de 2012

Aleatoriedade dominical: Clarice Lispector



"Domingo é o dia dos ecos – quentes, secos, e em toda a parte zumbidos de abelhas e vespas, gritos de pássaros e o longínquo das marteladas compassadas – de onde vêm os ecos de domingo? Eu que detesto domingo por ser oco." (19-20)

Água Viva, 2.ª edição, Artenova, Rio, 1973

Nenhum comentário: