3 de jun de 2012

Aleatoriedade Dominical com Pessoa

Imagem by PortGhinion


"Tenho vontade de erguer os braços e gritar coisas de uma selvageria ignorada, de dizer palavras aos mistérios  altos, de afirmar uma nova personalidade larga aos grandes espaços da matéria vazia.
Mas recolho-me e abrando. <<Sou do tamanho do que vejo!>> E a frase fica-me sendo a alma inteira, encosto a ela todas as emoções que sinto, e sobre mim, por dentro, como sobre a cidade por fora, cai a paz indecifrável do luar duro que começa largo com o anoitecer. "


Fernando Pessoa  -  Livro do Desassossego - §46.

Nenhum comentário: