3 de nov de 2009

Hoje Eu Preciso Gritar


Hoje eu preciso gritar!

Quero um vento violento
Que não permita testemunhas
Para que eu possa gritar
A noite inteira num galope surdo.

Há muito esse brado me habita e
Já não o quero, preciso gritar
Até me sentir estéril ou impotente
Como a morte de um trovão.

Sou muitas pessoas destroçadas
E meus pedaços voam como
Folhas secas no bafejo do que
Grito no esplendor da lua

Que me fere.


Patrícia Gomes
Imagem: Lawrencew

Nenhum comentário: