19 de out de 2009

Primeira Noite de Amor


Ele pegou meu corpo,
na primeira noite de amor,
como se fosse uma extensão do seu;
movimentos que se afinam com o tempo
como pares em um tango.

O corpo deslizando no copo do outro
em antecipação matemática do
gesto a seguir;

em sua boca esvaziei-me a alma...

Minhas mãos passearam por partes
nunca imaginadas, atravessando
todo e qualquer sentimento;

não houve fim, apenas um
suspiro de cansaço e um abraço
que eu não quis perder.



Patrícia Gomes
Imagem: Bexcelica

2 comentários:

Alzira disse...

ah, lindo demais isso
obrigada ^^

beijo!

Patrícia Gomes disse...

Obrigada a vc, Alzira, pela vista e pela simpatia do comentário!
Volte sempre que quiser! ;oD

Bjo